Fabricantes

Anúncio

Diamante gold

Diamante gold

Mostrar todas as imagens


R$0,00 imp. incl.

Disponibilidade:

1 artigo em estoque

Aviso: Últimos artigos em estoque!


DIAMANTE DE GOULD

Descoberto pela primeira vez por uma expedição francesa que percorria o norte da Austrália em 1833, estes belos pássaros logo conquistaram a Europa e outros continentes. Os três primeiros exemplares capturados pela expedição francesa possuíam a cabeça vermelha e foram chamados, de acordo com os hábitos observados, Poephila mirabilis, que traduzindo significa Poe = erva ou grama, phila = amante e mirabilis = maravilhoso.

Alguns anos mais tarde, o ornitólogo John Gould observou e capturou o que ele considerou um outro pássaro, o Diamante de Gould de cabeça preta (Amaina gouldiae). Em homenagem a sua esposa Elizabeth, desenhista que o acompanhava em suas expedições, este pássaro recebeu o nome “Lady Gould” (“Senhora Gould”), como é conhecido internacionalmente. Em meados de 1877, Ramsay descreveu o Diamante de Gould de cabeça laranja (Poephila armitiana), sendo este o mais difícil de ser encontrado na natureza.

São encontrados na região de Kimberly, ao norte da Austrália e também na Nova Zelândia. Costuma voar em pequenos bandos ou em duplas por até três horas seguidas, pelos bosques e regiões pantanosas destas regiões, à procura de água e comida.

Em termos de classificação taxonômica o Diamante de Gould é dividido em Poephila mirabilis para os de cabeça vermelha, Poephila gouldiae para os de cabeça preta e Poephila armitiana para os de cabeça laranja ou amarela. Existem literaturas que tratam o gênero Poephila por Chloebia, sendo que ambos se referem a estes pássaros. Outros ainda consideram o gênero Poephila, a espécie gouldiae e as subespécies gouldiae (cabeça preta), mirabilis (cabeça vermelha) e armitiana (cabeça laranja ou amarela).

Em cativeiro existem muitas variações na coloração, conseguidas através de mutações fixadas.

São dóceis e calmos a ponto de acostumar com o criador e não se assustar na hora da colocação de alimentos dentro da gaiola.

Os Diamantes de Gould pesam em média 20 g e podem alcançar de 12 a 13 cm de comprimento. Se bem cuidados podem viver até 10 anos.

Reprodução:
Os Diamantes de Gould apresentam dimorfismo sexual, sendo que os machos apresentam as cores mais intensas e as fêmeas apresentam as cores mais pálidas. Na época de acasalamento o bico dos machos torna-se mais claro em relação ao contraste com as penas. As fêmeas colocam de 1 a 5 ovos que são chocados por 15 dias em média. Não são todos os casais que criam seus filhotes, sendo necessária a utilização de outros pássaros como “amas-secas” tal como o Manon. Estes pássaros tratarão os filhotes com a devida dedicação até que eles possam se tornar independentes, o que ocorre por volta do 45º dia após o nascimento.

Manutenção:
Por serem pássaros com vôo caracteristicamente horizontal, recomenda-se para a manutenção do Diamante de Gould uma gaiola mais comprida do que necessariamente alta, com no mínimo 60 cm de comprimento por 35 cm de largura e 40 cm de altura. O ninho de madeira pode ser vertical com 20 cm de altura e 12 cm dos lados, ou do tipo horizontal com 22 cm de largura e 11 cm de comprimento e altura. Recomenda-se o fornecimento de palha seca ou folhas secas de coqueiro para a confecção do ninho. Um comedouro e um bebedouro sempre bem limpos são muito importantes. Evite colocar a gaiola em locais com correntes de ar e permita o banho de sol e de água pela manhã. Cuidados simples como estes permitirão a você e ao pássaro conviverem juntos por muito tempo.

Alimentação:
alcon Club Pássaros Exóticos
, alcon Club Farinhada – Pássaros Frugívoros e Insetívoros, alcon Club Farinhada com Ovo para Canários, alcon Club Papa para Filhotes - Pássaros.

 

fonte: Alcon Pet

Carrinho  

(vazio)

Novos produtos

Não há novos produtos no momento

Mais Vendidos

Não há produtos mais vendidos no momento

Responsável Técnico

Médico Veterinário

Dr. Jorge de Jesus Belut

CRMV 3541